Como tomar a pílula do dia seguinte

Como tomar a pílula do dia seguinte
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Certamente que todos já devem ter ouvido falar em pílula do dia seguinte, mas o que muitos não sabem é que a mesma deve ser usada somente em casos de extrema necessidade já que o seu uso em excesso pode trazer sérias conseqüências para a sua saúde.

As mulheres que fazem o uso deste medicamento são aquelas que tem relações sexuais sem o uso do preservativo ou quando o mesmo fura, então é necessário tomar já que o mesmo pode prevenir uma gravidez indesejada.

Veja como tomar a pilula do dia seguinte

No entanto a mesma é um dos métodos mais eficientes para se evitar a gravidez indesejada em algumas situações que não são programadas como as que foram citadas a cima, e para que o medicamento possa fazer efeito é necessário que a mesma seja ingerida em até no máximo 72 horas após a relação sexual.

Quando você compra são apenas dois comprimidos onde a mulher deve tomar as duas com um intervalo de 12 horas entre uma e outra, e o quanto a antes a mulher tomar mais chances ela tem de evitar a gravidez assim evitando que os espermatozoides de fecundem no ovulo.

Assim como todas as coisas não temos 100% de certeza já que podem ocorrer casos onde a pílula pode ser ingerida de acordo com todas as recomendações e mesmo assim ficar grávida não conseguindo impedir a fecundação, mas a probabilidade disso acontecer chega quando muito a 2% dos casos.

Sendo assim todas as mulheres devem ficar atenta já que este é um medicamento no qual não pode ser usado sempre por isso ela só é recomendada em casos de emergência já que o seu uso quando continuo pode trazer serias conseqüências para a sua saúde onde pode provocar grandes alterações menstruais, náuseas, enjôos ou vômitos.

pilula do dia seguinte
Foto:Divulgação/Pixabay

Então o que pode se esquecer é que sempre durante as relações sexuais devem ser protegidas com o uso de pílulas contraceptivas e camisinha, pois desta forma você evita uma gravidez indesejada e também a contaminação por uma doença sexualmente transmissível, e no caso de duvidas ou sintomas o melhor que se tem a fazer é procurar um médico para que o mesmo possa esclarecer.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *