Enxaqueca tem cura? Causas, sintomas e tratamentos

 Enxaqueca tem cura? Causas, sintomas e tratamentos
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Muitas pessoas hoje no Brasil, sofre com os sintomas da enxaqueca, ela é uma dor insuportável, estimado que aqui no Brasil, apenas 56% dos pacientes vão ao medico para ter um atendimento, mas essa dor ela pode ser comparada com uma renitia alérgica, que é provocada no ceio da face da testa e por isso é sempre bom ter um diagnostico, é sempre bom procura um medico para poder tira essas dúvidas.

enxaqueca é caracterizada pelas fortes crises de dor de cabeça (cefaleia), e pode ser acompanhada de náuseas, vômito, muita sensibilidade à luz (fotofobia) e aos sons (fonofobia). O transtorno pode ocorrer em crianças e costuma ter duração que varia entre quatro até setenta e duas horas de dor extrema na região da cabeça, geralmente com pulsação em um dos lados. A enxaqueca com aura, por sua vez, trata-se de uma doença neurológica e caracteriza-se pelas crises de enxaqueca precedidas por alguns sintomas visuais e sensitivos.

 Enxaqueca
Foto:Divulgação/Pixabay

Aproximadamente 20% dos indivíduos que sofrem de enxaqueca apresentam a aura – nome que se refere aos sintomas iniciais, ou seja, as sensações que a pessoa sente um pouco antes de a cefaleia se manifestas completamente. A aura pode ter duração de poucos minutos ou de até uma hora, sempre seguida pelas dores de cabeça demasiadamente fortes.

Quais são as causas da enxaqueca

Embora saibamos que a enxaqueca pode surgir em decorrência de fatores genéticos, os especialistas ainda não têm uma certeza em relação às causas, tanto da enxaqueca quando a enxaqueca com aura. O que se sabe é que o transtorno está ligado a alterações no cérebro. A enxaqueca tem início quando as células nervosas, que já se encontram em estado de hiperexcitabilidade, mostram uma a reação, normalmente fomentada por fatores externos e envia uma série de impulsos aos vasos sanguíneos. No caso da enxaqueca com aura, esses impulsos causam a sua constrição seguida de dilatação.

Quais são os sintomas

• Dor de cabeça muito forte, pulsátil e com duração entre quatro e setenta e duas horas;
• Náusea;
• Vômitos;
• Hipersensibilidade à luz (fotofobia);
• Hipersensibilidade ao som (fonofobia);
• Tontura;
• Fadiga;
• Na enxaqueca com aura, é normal o formigamento de um lado do corpo;
• Na enxaqueca com aura, é normal o aparecimento de manchas na visão;

Quais são os tratamentos

Antes de iniciar qualquer tratamento, é essencial que a enxaqueca seja diagnosticada em conjunto ao fator que desencadeou o transtorno. Geralmente, o tratamento, da enxaqueca com ou sem aura, se dá através de remédios receitados pelo médico, para que a pessoa tome quando as crises surgem. Esses medicamentos podem ser antidepressivos, antivertiginosos, neuromoduladores ou betabloqueadores, sendo que a indicação depende de cada caso.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *