Saiba mais sobre ovários policísticos

Saiba mais sobre ovários policísticos
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Os ovários são glândulas em formas de amêndoas que medem aproximadamente 3,5 centímetros de comprimento possuindo uma largura de 2 centímetros. Nós temos dois ovários um no lado esquerdo do útero e outro no lado direito, são eles quem tem a função de produzir os óvulos periodicamente dando um intervalo de 14 dias entre a menstruação e a ovulação.

Outra função muito importante do ovário é a produção de hormônios como estrógeno e progesterona que são responsáveis pelo crescimento dos pelos, tamanho dos seios, e preparação do útero durante a gravidez.

A mulher que possui a síndrome dos ovários policísticos apresenta diversos sintomas causados pela permanência de cistos ovarianos que deveriam sumir após o período de ovulação. Como esses cistos permanecem no ovário, uma série de problemas começam a aparecer entre eles estão o aumento dos pelos, a desregulação do ciclo menstrual, obesidade, e pode causar também queda do cabelo e manchas na pele. O aparecimento de acnes também pode ocorrer em mulheres com essa síndrome devido a desregulação dos hormônios.

Quanto antes começar o tratamento melhor, porque a mulher com essa síndrome pode encontrar dificuldades de engravidar por causa dos cistos. Mulheres até os 23 anos têm mais facilidade de engravidar mesmo tendo síndrome do ovário policístico, mas também é necessário tomar um indutor de ovulação, essa é a forma de tratamento e as mulheres respondem muito bem á essa técnica.

O problema maior dessa síndrome acaba sendo quando elas atingem a menopausa, porque dentre as conseqüências e sintomas da síndrome do ovário policístico o hiperinsulinismo é uma delas. Isso acaba aumentando a probabilidade de contraírem doenças cardiovasculares por isso precisam tomar muito cuidados.

Como é feito o diagnostico?

Se você apresenta um dos sintomas, peça para o seu médico fazer um exame de ultra som, hoje em dia é possível realizar o diagnostico de forma rápida e fácil por esse procedimento. Antigamente as mulheres eram submetidas á exames muito invasivos, para essa síndrome principalmente, eram diagnosticadas por pneumopelvigrafia que é completamente desconfortável.

Cuidados a serem tomados

Todas as mulheres em geram devem consultar regularmente um médico ginecologista para chegar sua saúde. Quando comprovado a síndrome dos ovários policísticos, além do tratamento a mulher deve fazer uma reeducação alimentar por causa das doenças cardiovasculares, colocando em seu cardápio alimentos mais leves;  e praticar exercícios regularmente para não atingir a obesidade mórbida, visto que essa doença pode causar esse tipo de alteração pelo aumento de peso.

De modo geral essa apresenta muitos sintomas sendo o mais percebido pelas mulheres a oscilação no período menstrual. Algumas vezes essa doença demora a ser descoberta e a única coisa que difere dos cistos no ovário é que na síndrome dos ovários policísticos aparecem um menor número de cistos, e eles desaparecem no período menstrual mesmo que demore.

ovários policísticos
Foto:Divulgação/Pixabay

Mulheres com a síndrome do ovário policísticos  podem chegar a menstruar de 3 á 4 vezes por ano apenas, e ovulam muito pouco, então é importante que um tratamento seja feito para que quando tiverem interesse em engravidar isso seja feito de forma mais fácil

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *