Parto normal tudo que você precisa saber [LEIA AQUI]

Parto normal tudo que você precisa saber [LEIA AQUI]
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Menos comuns hoje no Brasil, os partos normais ainda são realizados, principalmente, por mulheres que acreditam no contato maior com o bebê através desse procedimento. No parto normal o bebê é entregue a mãe logo que nasce e já é estimulado que ele mame no peito. O esforço mãe e bebê é mútuo e muitas mães optam pelo partos normal porque acreditam que o vínculo afetivo é desenvolvido mais facilmente por conta disso.

Sobre o parto normal

Esse tipo de parto é semelhante ao parto natural, a diferença é que são aplicadas medicações para a diminuição das dores sentidas com as contrações e há intervenção médica, por exemplo, na hora da retirada do bebê. O pre parto, principalmente a partir do 8º mês de gravidez, vem acompanhado não só de contrações, mas de cansaço e inchaço, pela maioria das mulheres. Por isso, o descanso chega a ser obrigatório nas últimas semanas de gravidez.(Se você tem dúvidas sobre o parto cesária aconselho a ler este artigo que escrevemos)

A mulher que decide pelo parto normal não irá agendar a data do parto, procedimento possível com a cesariana. Ela sentirá as primeiras contrações e irá monitorá-las, sendo a data parto definida de acordo com os sintomas sentidos pela futura mãe. Quando houver o aumento dessas contrações, já no hospital, a mulher recebe soro com medicação para aliviar as dores e também acelerar o tempo entre uma contração e outra para poder assim iniciar o parto normais.

Uma das vantagens do parto normal é a recuperação pos parto. Como não é realizada uma operação, as dores pós parto são bem menores como a necessidade de repouso também. A mulher que faz o parto normais tem menos chances de sentir dores pélvicas constantes e também dores de cabeça, sintomas muito comuns pós cesárea quando o repouso recomendado não é realizado.

parto normal
Foto:Divulgação/pixabay

O que é necessário ter atenção, seja em qualquer tipo de parto, é para o desenvolvimento de algum tipo de depressão pós parto, sintoma comum nos dias atuais. Os motivos não são específicos, mas é fácil identificar a depressão, pois a mãe não tem vontade nem de amamentar o bebê, o que pode ser prejudicial a ele. Por isso, identificar a depressão pós parto logo e procurar um médico evita danos maiores, como choros contínuos e pouco contato mãe e bebê.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *